Transporte aéreo para Old Dragon: Balões e Dirigíveis.

Transporte aéreo para Old Dragon: Balões e Dirigíveis.

Transporte aéreo para Old Dragon: Balões e Dirigíveis.

Transporte aéreo para Old Dragon: Balões e Dirigíveis.

Salve aventureiros.
Hoje é dia de Voar!

No cenário de fantasia medieval fazer viagens é uma coisa comum entre os heróis. Eles estão sempre procurando novos desafios aqui e ali. O mundo não tem limites para esses aventureiros. Porém, tempo e segurança precisam ser levados em conta quando o assunto é deslocar-se de um lugar para outro. Mesmo utilizando carruagens ou fortes cavalos, o terreno irregular pode atrasar em muito tempo a viagem. Em muitos casos, os personagens precisam deixar para trás suas montarias e até mesmo cargas que forem muito pesadas. Isso tudo sem contar as emboscadas e assaltos.

 

D1
“Se não dá pelo chão, vamos de balão”

O transporte aéreo é um meio eficiente para casos como os citados acima. Balão ou dirigível resolverá esses problemas.
Sem as intempéries do terreno, a viagem pode ser feita de forma tranquila e segura. Os heróis não vão correr o risco de serem emboscados e assaltados durante a noite, e em alguns casos a jornada será mais rápida.

Balão.
O Balão é o meio mais barato, porém mais lento, de transporte aéreo.
Um balão pode atingir até 40 KM/H dependendo do vento. A direção é controlada através de pesos e pode ser que o destino final não seja no ponto exato desejado pois é precisão não é boa. A decolagem é feita por vapor quente e o movimento é feito por hélices simples movidas a pedal.
Um balão pode transportar em média 6 pessoas (além do piloto), mais seus equipamentos. Esse número pode variar para mais ou para menos de acordo com o tamanho do balão.
O custo para a viagem é de 1.000 PO (Preço pode ser ajustado de acordo com a vontade do narrador).

1376421353 B1

 

Dirigível.
O Dirigível é uma espécie de balão maior e mais rápido (e lógico, mais caro), uma espécie de barco voador.
Pode atingir até 80 KM/H. A direção é controlada por lemes dando mais precisão no destino final.  A decolagem é feita por vapor quente e o movimento é feito por grandes hélices movidas a vários pedais. Devido a seu tamanho a seus mecanismos, a tripulação do dirigível exige 6 pessoas para pedalar, embora com 4 pessoas já seja possível fazer uma viagem um pouco mais lenta. Diferente do balão, o piloto não pedala, ficando por conta apenas da navegação.
A capacidade média que um dirigível pode transportar é de 20 pessoas, fora o piloto e os “marujos” que pedalam. Esse número pode variar para mais ou para menos de acordo com o tamanho do dirigível.
O custo para a viagem é de 2.500 PO (Preço pode ser ajustado de acordo com a vontade do narrador).

544px-zeppelin2 D2

Como tudo é imprevisível, caso precise pilotar um desses transportes, o personagem precisará fazer um teste de inteligência para mantê-lo no ar e outro para aterrissar. Mesmo sendo bem-sucedido, o destino final nunca será preciso tendo uma diferença de até 10Km.
“Nem tudo são flores”

As viagens aéreas têm suas desvantagens. Citaremos algumas:

  • Furtividade 0% – Viagens pelo ar estão totalmente expostas. Qualquer um que olhar para o céu, perceberá que tem “algo” lá. Portanto, se a ideia dos heróis é uma viagem as escondidas, esqueçam esse transporte.
  • Ataques Aéreos – Mesmo que voem alto, tanto balão ou dirigível não estão imunes a ataques. Lógico que, mesmo com um excelente arco, é impossível atingir um alvo naquela altura. Porém, uma balestra no alto de uma torre, pode atingir e furar um balão. Além disso, um ataque de falcões ou águias treinadas também podem dar trabalho.
  • Preço – Conforme os preços acima, não é barato bancar esse tipo de transporte.
  • Quedas – Sim, é possível que personagens descuidados caiam, por que não?

 

Consideração final: O clima é muito relevante tanto para balões quanto para dirigíveis. Lógico que para interferir na navegação é preciso ser uma grande tempestade, não uma chuvinha qualquer.
Dirigíveis são mais resistentes a esse problema, sendo afetados somente por grandes tormentas.


Rafael Alves

Jogador/Mestre/escritor de RPG. Co-fundador da Associação Cultural Ethernalys.

Posts Recentes: